São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Política
Novembro 02, 2017 - 22:09

Mudança no social exige investimento de R$ 34 milhões em São José

Casa do Idoso

Em cena. Teatro na Casa do Idoso: unidades terão novo modelo de gestão até dezembro deste ano

Foto: /Charles de Moura/PMSJC

Nova política de terceirização do governo Felicio Ramuth (PSDB), voltada para o atendimento social, exigirá investimento de até R$ 34 milhões em contratos de até 2 anos

João Paulo Sardinha@jpsardinha
São José dos Campos

A nova política de terceirização do governo Felicio Ramuth (PSDB), voltada ao atendimento social em São José dos Campos, vai exigir um investimento de até R$ 34,457 milhões em contratos de até dois anos.

A gestão tucana publicou na quarta-feira edital de chamamento público para as OSCs (Organizações da Sociedade Civil) interessadas em assumir a gestão da Casa do Idoso, no centro e na região norte. Além do Centro de Referência da Pessoa com Deficiência, abrigos e Cadastro Único e Bolsa Família.

Recentemente, foi publicado edital para a gestão da Casa do Idoso nas zonas sul e leste de São José.

Hoje, todo esse serviço está nas mãos de entidades de São José. A mudança vai permitir que OSCs (novo modelo de parceria) de outras cidades também assumam as ações.

Somente os contratos com as OSCs destinados à Casa do Idoso, nas quatro regiões, sairão por até R$ 11,778 milhões em um ano. Serão oferecidas 5.700 vagas nas unidades. A prefeitura vai pagar, por idoso, saldo de R$ 170,70 por mês. 

A definição das organizações que irão assumir o serviço acontece até o fim do ano..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO