São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Política
Novembro 02, 2017 - 00:04

Felicio conclui o fechamento das bases da Guarda até fim do ano

Carro elétrico da Guarda

Bateria. Carro elétrico que será testado pela Guarda nos próximos meses foi apresentado ontem 

Foto: /Rogério Marques / OVALE 

Gestão do prefeito de São José, Felicio Ramuth (PSDB), vai concluir o fechamento das bases fixas da Guarda Municipal até o fim deste ano, em um processo de reorganização do efetivo, de aproximadamente 300 guardas

João Paulo Sardinha@jpsardinha
São José dos Campos

A gestão do prefeito de São José dos Campos, Felicio Ramuth (PSDB), vai concluir o fechamento das bases fixas da Guarda Civil Municipal até o fim deste ano, em um processo de reorganização do efetivo, de aproximadamente 300 guardas.

A unidade instalada no Parque da Cidade, em Santana, zona norte da cidade, está na lista de postos a serem fechados pelo governo. A medida encontra resistência entre dirigentes e membros de Consegs (Conselhos Comunitários de Segurança).

O tema foi tratado ontem, durante reunião do programa "São José Unida", que reúne representantes das forças de segurança dos governos municipal, estadual e federal.

"Até o fim do ano, vamos concluir o processo de fechamento das bases. Já o fizemos no Centro de Juventude e na região do Santa Inês (zona leste)", disse Felício.

"E, na verdade, ampliamos o atendimento da GCM, fazendo com que esses homens possam ter mobilidade para oferecer o melhor serviço para a população", completou o prefeito.

TIRO.

No encontro, a prefeitura ainda anunciou que vai construir um estande de tiro para o treinamento e aperfeiçoamento da corporação. O local escolhido é uma antiga pedreira na região norte.

Também foi apresentada uma nova viatura elétrica, que ficará em testes na cidades pelos próximos meses.

Presidente do Conseg critica mudanças promovidas pelo governo na segurança

A presidente do Conseg (Conselhos Comunitários de Segurança) da região centro-oeste, Edna Zordan Ramos, criticou a decisão da prefeitura de fechar as bases da GCM. "A Guarda não tem efetivo. Está tão sucateada quanto a Polícia Civil e a Polícia Militar", afirmou Edna, que luta pela reabertura da base da PM no Jardim da Indústrias, zona oeste..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO