São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Economia
Novembro 10, 2017 - 06:34

Após 'novela', prefeitura de Taubaté e Sabesp renovam o contrato

Alckmin e Ortiz durante assinatura da renovação do contrato com a Sabesp

Acordo. Alckmin e Ortiz durante assinatura do contrato da Sabesp

Foto: /Divulgação

Nos próximos 30 anos, empresa deve investir R$ 265,7 milhões na cidade, além de repassar R$ 174,9 milhões ao município, como contrapartida; solicitação de moradores, combate à 'água suja' deve ser uma das prioridades

Da redaçã[email protected]
Taubaté

Após uma novela que se arrastou por seis anos, a Prefeitura de Taubaté assinou nessa quinta-feira a renovação do contrato de concessão com a Sabesp.

O contrato, com duração de 30 anos, foi assinado no Palácio dos Bandeirantes - o evento teve a participação do governador Geraldo Alckmin (PSDB), do prefeito Ortiz Junior (PSDB) e de representantes da companhia.

Nas próximas três décadas, a empresa prevê investimento de R$ 265,7 milhões na cidade. Desse total, R$ 172,4 milhões serão destinados ao fornecimento de água, ponto mais criticado por moradores - nos últimos anos, foram registrados episódios de 'água suja' nas torneiras. "O contrato [renovado] permite fazermos novos investimentos. São investimentos significativos. Sem contrato de programa, dificulta", disse o diretor de sistemas regionais da Sabesp, Luiz Paulo de Almeida Neto.

Serão R$ 77,1 milhões em troca de redes antigas, ligações e equipamentos de medição. Deste valor, R$ 8,8 milhões serão aplicados até 2020. Para o problema da 'água suja', 11 quilômetros de tubulações já estão sendo substituídos. "Vamos iniciar pelos pontos mais críticos, é prioridade total do contrato", afirmou o diretor de sistemas regionais.

Já o sistema de coleta e tratamento de esgoto receberá investimentos de R$ 87,9 milhões, que serão aplicados em pontos como ampliação da estrutura existente e troca de redes coletoras.

CONTRAPARTIDA.

Além dos investimentos diretos, a Sabesp ainda deverá repassar R$ 174,9 milhões ao município durante os 30 anos - o recurso deve ser aplicado em ações ambientais complementares ao saneamento. Desse total, R$ 67,7 milhões serão repassados até 2020: R$ 23,6 milhões ainda esse ano e três parcelas de R$ 14,7 milhões nos anos seguintes. Nos últimos 25 anos, a Sabesp ainda repassará à prefeitura 4% da receita líquida anual, o que deve representar R$ 107 milhões no período..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO