São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Viver
Outubro 30, 2017 - 23:37

São José ganha nova galeria de arte

Obra do artista plástico Yugo Mabe

Obra do artista plástico Yugo Mabe

Foto: Divulgação

Paula Maria [email protected]

Invariavelmente quando se fala em galeria de arte, vem a cabeça a ideia de um ambiente chique, frequentado por pessoas ricas. Há quem nem passe pela porta. Outros até entram, mas, encantados com alguma obra, evitam perguntar o preço: acreditam que ela deva ser muito cara para os seus bolsos.

É para desmitificar essa imagem e provar que a arte está aí para ser consumida por todos, é que será inaugurada no próximo dia 7 de novembro a primeira galeria de arte de São José dos Campos: Cristina Demétrio - Arte e Desejo, no shopping Colinas.

Nela, há peças de artistas renomados nacionalmente, conhecidos regionalmente e iniciantes. Entre eles, Carybé, Milton Dacosta, Di Cavalcanti, Roberto Burle Marx, Carolina Migoto, George Gutlich, Fábio Santos, Régis Machado e João Bosco, Aldemir Martins, Francisco Calixto, Yugo Mabe e da própria Cristina Demétrio.

"Eu quero provar que a arte é acessível a todos por isso optei por investirmos em uma 'pegada' mais comercial. Teremos peças a partir de R$ 50. O foco é desde jovens que querem dar um presente aos pais até o empresário estrangeiro que vem realizar turismo de negócios e deseja levar para a sua terra uma lembrança do Brasil", afirmou a artista plástica, que assinou recentemente o restauro das peças do Sítio do Picapau Amarelo, em Taubaté, confeccionadas originalmente por seu pai, José Demétrio, em 1985 e 1986.

BELEZA.

Cristina, num primeiro momento, havia cogitado fazer apenas uma exposição, mas devido a urgência acerca do debate artístico na sociedade, optou por receber outros artistas na galera.

"É muito complicado viver da arte em São José. Então, essa é uma oportunidade de o público conhecer a produção local e ter contato com obras de artistas já reconhecidos", afirmou. "Por outro lado, vemos que é preciso falar sobre o fazer artístico, sobre a arte como expressão do ser humano. Afinal, ninguém vive sem ela. Ela é necessária para a vida", defende.

"A arte lapida a nossa alma sem que nos demos conta disso. É a sua beleza que nos alimenta e nos dá força para que possamos enfrentar as dificuldades impostas pelo dia a dia, pela vida moderna", continua.

SERVIÇO.

A palavra "vernissage" assusta, mas, segundo Cristina, não é preciso ter medo. O termo significa abertura, inauguração da galeria, que, aliás, ocorrerá na terça-feira (7) da próxima semana, às 20h.

O novo espaço conta com o apoio de empresas parceiras da cidade e, por ora, ficará aberto por apenas alguns meses. O shopping Colinas fica na av. São João, 2.200, no Jardim Aquarius. A entrada para o novo espaço é gratuita..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO