São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Economia
Outubro 30, 2017 - 12:05

Após um mês, termina greve na Chery

Chery

Chery

Foto: Manuela Moraes

Xandu Alves
Jacareí

Após um mês de greve, trabalhadores da montadora chinesa Chery, em Jacareí, encerraram na manhã desta segunda-feira a paralisação. Eles concordaram com a proposta de 1,73% de reajuste salarial, equivalente à inflação acumulada entre setembro de 2016 e agosto de 2017.

Além disso, segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de São José, o acordo também prevê a renovação de todas as cláusulas sociais da convenção coletiva. “Com a paralisação, os trabalhadores conseguiram manter a proibição da terceirização irrestrita na fábrica e garantir a estabilidade no emprego para lesionados”, informou o sindicato.

Nas negociações, segundo a entidade, a direção da Chery teria afirmado que pretendia ampliar a terceirização na fábrica, recorrendo à reforma trabalhista. A greve na Chery começou em 28 de setembro e foi a mais longa da campanha salarial na base do sindicato, que inclui cinco cidades.

“Os metalúrgicos da Chery mostraram grande força durante todo período de paralisação”, disse Guirá Borba, diretor do sindicato.

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO