São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Nossa Região
Agosto 11, 2017 - 23:19

Polícia apura detalhes da morte de motorista Uber, crime que chocou São José

DIG São José dos Campos

Cenas do crime. Polícia volta ao local em que motorista de Uber foi morto para que criminoso aponte detalhes do assassinato na Vila São Bento

Foto: /Divulgação / DIG

Bandido retorna à cena do crime com a polícia e relata com frieza como estrangulou motorista da Uber com o cinto de segurança

Danilo [email protected]_
São José dos Campos

Após a prisão de dois suspeitos de assassinarem o motorista da Uber, Marcos Antonio de Faria, 29 anos, em São dos Campos, a polícia busca uma terceira pessoa que teria envolvimento no crime.

Os depoimentos prestados pelos dois criminosos presos não convenceu a equipe de policiais da DIG (Delegacia de Investigações Gerais), que busca decifrar mais detalhes do crime, que chocou a cidade.

Preso nesta sexta-feira, o suspeito Denilson Alex de Souza Carvalho, de 23 anos, voltou ao local do crime na Vila São Bento, região sul, junto com investigadores da DIG. Interrogado pelos policiais, Denilson contou que rendeu o motorista com uma faca no destino final da viagem ao anunciar o assalto.

O criminoso contou que imobilizou Marcos dentro do carro e em seguida o estrangulou até a morte com o cinto de segurança do veículo. "Ele reagiu ao assalto e eu acabei entrando em luta corporal. Enforquei ele com o cinto de segurança do carro. E, abandonei ele e o corpo", disse o suspeito.

DENÚNCIA.

A prisão foi realizada na manhã desta sexta-feira (11) por uma equipe do Baep (Batalhão de Ações Especiais) da Polícia Militar, que foi ao bairro Pinheirinho dos Palmares atender uma denúncia anônima. Abordado pelos PMs, ele confessou o crime e indicou onde teria jogado alguns pertences da vítima, como celular e documentos de identificação."A intenção dele era levar o celular, mas disse que decidiu descartar o aparelho porque ficou com medo de ser rastreado", disse o tenente Guilherme do Baep, responsável pela prisão.

Denilson já tinha antecedentes criminais por furto e receptação. Ele foi reconhecido por taxistas e Ubers que já foram vítimas de assalto. Na quinta-feira, a DIG já havia prendido outro suspeito (R.S.O., de 22 anos). Ambos foram encaminhados para a cadeia de Caçapava na noite desta sexta-feira.

Moradores criticam bloqueio da Uber na região sul de São José, alvo de assaltos

A Uber bloqueou o aplicativo em pontos da zona sul de São José após a onda de assaltos a motoristas tomar a região. A medida não agradou os moradores. Eles condenaram a generalização aplicada na medida.

"O usuário que utiliza com certeza se sente prejudicado. Não foi a melhor solução. As corridas de risco deveriam ser mapeadas. Esse é o caminho mais plausível. Toda e qualquer privação prejudica alguém", disse o vice-presidente do Conselho de Segurança da região sul, Luiz Alves de Lima. Em nota, a Uber, disse que "há locais específicos que o serviço não está disponível devido a questões de segurança.".

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO