São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Economia
Agosto 31, 2017 - 18:17

Contra crise, empresárias apostam em modelo de negócio compartilhado

Vendas compartilhadas geram crescimento de até 35% em empreendimentos na região

Vendas compartilhadas geram crescimento de até 35% em empreendimentos na região

Foto: Divulgação

Empresárias investem na busca de parceiros comerciais para divulgar seus produtos em seus estabelecimentos, com divisão do percentual de lucro em cima do produto

Da Redaçã[email protected]
São José dos Campos

Para fugir da crise econômica que atravessa o país, empresárias joseenses se mexem para ampliar as estratégias de marketing e atrair parceiros comerciais que divulguem e revendam seus produtos.

É o caso das irmãs Cléu, Cléli e Clélia Melatto, proprietárias da Melatto Design, marca de acessórios. Como estratégia para ampliar as vendas da marca, elas investiram na procura de estabelecimentos parceiros para torná-los ponto de venda de suas peças.

"Se o estabelecimento parceiro vende nosso produto, além dos benefícios de visibilidade, ele tem um percentual em cima da minha venda. É um conceito de criar um tipo de mídia alternativa, onde o marketing do boca boca sai fortalecido. Você está levando benefício para o estabelecimento, que passa a ter total interesse me divulgar o seu produto", disse a proprietária da marca Clélia Melatto.

A estratégia de negócio, somado ao impulsionamento de divulgação pelas redes sociais, gerou 35% de crescimento nas vendas da marca, aponta Clélia, comprovando que não é necessariamente preciso, ter uma loja com vitrine na calçada para faturar.

"Trabalhamos no formato home office e criamos um ateliê na sala da minha casa. Dessa maneira economizamos no aluguel de um espaço e podemos repassar para os nosso clientes preços mais justo e atendimentos exclusivos com hora marcada", explicou.

EXEMPLO.

Dona do Wafeels Good Truck, um dos primeiros Food Trucks de São José, Karin Saotome, começou há dois meses a procurar parcerias para revender seu produto. O empreendimento já conta com cinco parceiros, e segundo ela, a tendência é que o modelo de negócio seja ampliado ainda mais. 

"Um acaba completando o outro. É importante para unir forças e valorizar produtos locais. Nosso público é muito parecido com os revendedores", disse.

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO