São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Economia
Agosto 08, 2017 - 00:44

Vale registra superávit de R$ 10 bilhões na balança comercial, diz governo

Exportações

Exportações. Vale do Paraíba registrou aumento no saldo da balança comercial no primeiro semestre

Foto: Divulgação

Nos primeiros sete meses deste ano, os 30 municípios exportadoras da região venderam R$ 20,6 bilhões para 90 países, contra R$ 10,1 bilhões em importações; os Estados Unidos e a China compraram R$ 11,3 bilhões da região

Xandu [email protected]
São José dos Campos

O saldo da balança comercial da RMVale alcançou R$ 10,4 bilhões entre os meses de janeiro a julho deste ano, bem acima do saldo negativo de 2016, de menos R$ 168,4 milhões, no mesmo período.

Nos primeiros sete meses do ano, as 30 cidades exportadoras da região venderam R$ 20,6 bilhões para 90 países, contra R$ 10,1 bilhões em importações.

No ano passado, nos meses de janeiro a julho, a RMVale exportou R$ 4,5 bilhões e importou R$ 4,6 bilhões.

Os novos dados foram divulgados nesta segunda-feira pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Os valores em reais levam em conta o preço médio do dólar no final de julho, de R$ 3,11 (2017) e R$ 3,24 (2016).

SUPERÁVIT.

São José dos Campos acumula superávit de R$ 4,93 bilhões de janeiro a julho, o melhor resultado da RMVale, e aumentou em 94,05% o saldo na comparação com o mesmo período de 2016, com superávit de 2,54 bilhões.

Neste ano, nos sete primeiros meses, a cidade exportou R$ 7,7 bilhões e importou R$ 2,8 bilhões. Em 2016, no mesmo período, o município vendeu R$ 8,1 bilhões ao exterior e comprou R$ 5,6 bilhões.

REGIÃO.

Na contramão, Taubaté manteve o resultado dos últimos três anos: saldo negativo de R$ 756,4 milhões entre janeiro e julho, com R$ 1,9 bilhão em exportações e R$ 2,7 bilhões comprados no exterior.

Mesmo assim, o resultado foi melhor do que o registrado nos primeiros sete meses do ano passado, quando a cidade exportou R$ 1,6 bilhão e importou R$ 3,8 bilhões, déficit de R$ 2,1 bilhões.

Jacareí anotou saldo positivo de R$ 578,9 milhões de janeiro a julho, 43,65% acima do valor de 2016, com R$ 403 milhões. Neste ano, no período, a cidade exportou R$ 1,6 bilhão e importou R$ 1,05 bilhão.

PETRÓLEO.

A exportação de petróleo e derivados garantiu a permanência de Ilhabela e São Sebastião no topo do ranking dos maiores exportadores da região, com superávit de R$ 4,4 bilhões e R$ 1,8 bilhão, respectivamente segundo e terceiro melhor saldo da região.

EUA e China são os responsáveis por 55% das exportações da RMVale durante o ano

Dois países são responsáveis por 55% de toda a exportação da RMVale no ano. Entre janeiro e julho, Estados Unidos compraram R$ 6,1 bilhões e a China levou R$ 5,2 bilhões, totalizando R$ 11,3 bilhões de uma somatória de R$ 20,6 bilhões. Os EUA mantiveram a liderança do ranking, com 29,81% do total e crescimento de 20,82% ante os sete primeiros meses de 2016, quando compraram R$ 5,3 bilhões.

A China manteve-se na segunda colocação com 25,25% do total exportado pela região, mas anotou um crescimento de 322,77% comparado ao mesmo período de 2016, quando importou R$ 1,2 bilhão da RMVale. Argentina garantiu o terceiro lugar entre as maiores compradoras da região com R$ 1,9 bilhão (9,48% do total). Ante o resultado de 2016, o país anotou aumento de 44,48%.

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO