São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Viver
Julho 17, 2017 - 22:41

Efervescência cultural: São José em novo circuito de shows, teatro e exposições

Frejat

Agenda. Frejat se apresenta no dia 27, no Sesi São José (av. Dr. Ademar de Barros, 999, S. Dimas. Os ingressos custam a partir de R$ 12

Foto: Divulgação

Paula Maria [email protected]
São José dos Campos

Aquela São José que não tinha "nada para se fazer" na área cultural, definitivamente, ficou para trás. A cidade acaba de entrar em um novo circuito, rota de shows musicais e boas peças teatrais.

Só neste ano tivemos shows de Paula Lima e Elba Ramalho no Sesi; exposição com obras originais de Salvador Dalí, no shopping Vale Sul, e apresentação do documentário "Gaga - O Amor pela Dança" (2015) em pleno parque Vicentina Aranha, como parte da programação do Festidança. E o melhor: entrada livre e de graça!

Segundo gestores culturais dos principais espaços com programação gratuita na cidade, o mérito dessa nova cena cultural é da própria população, que passou a exigir cada vez mais atividades e de qualidade.

"Uma cena cultural vibrante exige a presença de diversos agentes, seja na esfera do poder público, seja na esfera das iniciativas particulares. É a diversidade de pontos de vista que garante a diversidade de realizações e, hoje, São José tem novos agentes em sua cena cultural", afirmou Oswaldo Almeida Jr., gerente do Sesc São José.

Ainda segundo ele, artistas e produtores culturais têm buscado discutir aspectos importantes da gestão cultural no município. "Essa discussão é reflexo de uma produção em crescente aperfeiçoamento", disse. "E a população, por seu lado, tem comparecido aos eventos e ocupado seu lugar na cidade - tanto nos espaços públicos quanto nos privados".

Responsável pelos principais shows gratuitos que ocorrem na cidade, o Sesi informou em nota que também tem percebido nos últimos meses uma maior procura da população por atividades culturais.

"Esse crescimento gradual das atividades artísticas é muito bom para toda a formação e construção de uma sociedade. Não apenas nós oferecemos uma vasta programação cultural como também outras entidades e teatros na cidade têm procurado atender a essa demanda", informou a instituição em nota.

"E, o fato de o Sesi oferecer uma programação cultural totalmente gratuita, favorece na formação desse público e comprova que os investimentos realizados tanto em infra-estrutura como nas programações culturais foram acertados", conclui.

Para Agenor Carvalho, diretor cultural da FCCR (Fundação Cultural Cassiano Ricardo), ainda que a cidade esteja vivendo um bom momento no setor, há ainda um enorme potencial na demanda e na oferta de atividades culturais.

"Temos notado, por exemplo, uma busca cada vez maior pelas atividades desenvolvidas em nossas Casas de Cultura nas diferentes regiões da cidade", afirmou. "Pensando nessa maior procura não só quantitativa, mas também de qualidade da oferta, trabalhamos no sentido de otimizar importantes espaços como o Museu e o Teatro Municipal, para os quais estamos dedicando um novo olhar para melhor atender a população.".

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO