São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Economia
Agosto 01, 2017 - 01:22

RMVale tem alta de 229% no PIB, mas cresce abaixo da média de SP

Mobilidade. Movimento de caminhões e carros na Via Dutra em Jacareí

Corredor do PIB. Via Dutra, maior corredor do Brasil, transporta 50% do PIB (Produto Interno Bruto)

Foto: /Rogério Marques/ OVALE

Com R$ 97,1 bilhões em riquezas em 2014, Vale do Paraíba é a penúltima de seus regiões metropolitanas do Estado a aumentar o PIB entre 2002 e 2014; setor industrial foi quem mais perdeu participação na economia

Xandu [email protected]
São José dos Campos

A RMVale aumentou seu PIB (Produto Interno Bruto) em 229,15% no período de 12 anos, entre 2002 e 2014, mas perdeu participação na riqueza estadual.

Entre as seis regiões metropolitanas do Estado, venceu apenas a da Baixada Santista no quesito de quem mais enriqueceu no período. Os dados fazem parte de estudo sobre a atividade econômica paulista divulgado nesta segunda-feira pela Fundação Seade.

O valor de toda a riqueza da região saltou de R$ 29,5 bilhões em 2002 para R$ 97,1 bilhões, em 2014. Nesse mesmo espaço de tempo, a participação da região no PIB estadual caiu de 5,7% para 5,2%.

A indústria foi a área na economia que mais pesou para a queda na riqueza estadual. O PIB industrial do Vale recuou 16,48% em 12 anos.

A participação no valor adicionado (deduzidos os custos de produção) da indústria caiu de 44,9% em 2002 para 37,5%, em 2014. No mesmo período, a agropecuária recuou 44,4%, de 0,9% de participação no valor adicionado regional para 0,5%. O setor de serviços cresceu 14,21%, passando de 54,2% para 61,9% de participação.

REGIÕES.

Na comparação com as seis regiões metropolitanas do Estado, a RMVale foi a penúltima em três indicadores, ultrapassando apenas a Baixada Santista. Perdeu para São Paulo, Sorocaba, Campinas e Ribeirão Preto. O aumento de 229,15% do PIB no Vale ficou bem abaixo do crescimento de 348,5% em Sorocaba.

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO