São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Viver
Maio 03, 2017 - 01:25

'Era muito dinheiro', brinca Oscar Schmidt sobre convite que recebeu para posar nu

Luciana e Oscar, na Rede TV!

Luciana e Oscar, na Rede TV!

Foto: Divulgação/RedeTV!

O ícone do basquete brasileiro estará nesta terça-feira (2) no programa da Luciana Gimenez

Da Redaçã[email protected]

"Era muito dinheiro", crava Oscar Schmidt. O ícone do basquete brasileiro estará nesta terça-feira (2) no programa da Luciana Gimenez, na Rede TV!. Durante a entrevista, o atleta relembra grandes momentos da carreira e comenta algumas polêmicas nas quais já esteve envolvido, como o convite que recebeu de uma revista para posar nu.

"Não vou nem dizer quanto para vocês não ficarem com inveja", brinca, ressaltando que "não há dinheiro que pague por isso".

Casado há 17 anos, Oscar defende a fidelidade e demonstra enorme carinho pelos filhos e esposa. "O amor louco dura até hoje. Não quero ser modesto, mas diria que sou um exemplo para os homens, sempre muito fiel. Ela é a menina da minha vida. Para que estragaria minha vida? E homem é burro, pensa sempre com a cabeça errada", diz.

Com o fim da carreira esportiva, Schmidt atualmente ministra palestras motivacionais. Ele revela a Luciana que sua vida melhorou muito, embora "viver bem longe das quadras" implique em algumas dificuldades.

"Aos 35 anos você não pode jogar mais e ainda tem o resto da vida pela frente. Se você não ganhou dinheiro, como vai arrumar um emprego novo aos 40?", comenta, além de aconselhar a apresentadora a não perder tempo: "Todo mundo vai morrer, seja de acidente, seja de doença. Então tudo aquilo que eu fazia pouco, hoje faço muito e recomendo. Viajo por três meses seguidos, engordo".

Denominado "mão santa" pelos jornalistas Álvaro José e Juarez Araújo, Oscar se lembra de quando ganhou o apelido e garante que não era sorte: "Não é mão santa, é treino. Brasileiro tem mania de acreditar em milagre. As pessoas deviam pensar: 'ele acerta todas, deve ter a mão santa', mas eu treinava mais do que todo mundo, sem dúvida. Se você deixa a peteca cair, alguém vai passar na sua frente".

Para a surpresa da apresentadora, ainda na atração, ele revela que embora conviva com enorme paixão pelo basquete, não tem mais a necessidade de jogar. "Não jogo mais e também não sinto falta. As palestras me ajudam. Falando da minha carreira, sinto menos falta de jogar", finaliza.

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade  
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO