São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Nossa Região
Maio 18, 2017 - 23:57

Deputados da região defendem a saída imediata do presidente

Protesto

Protesto. Manifestantes favoráveis à renúncia de Temer tomaram as ruas de São José ontem à noite

Foto: Divulgação

Denúncias tornam continuidade do governo prejudicial ao Brasil; prefeitos do Vale temem que repasses federais sejam prejudicados e crise financeira se aprofunde

Hernane Lélis
São josé

A crise enfrentada por Michel Temer (PMDB) em Brasília está movimentando também o cenário político no Vale do Paraíba. Os três representantes da região no Congresso defendem o afastamento imediato do presidente de suas funções. A situação enfrentada no Palácio do Planalto pode ainda refletir em queda nos recursos repassados pela União às prefeituras.

O deputado federal Eduardo Cury (PSDB), postou ontem um vídeo no Facebook sobre a questão. "Mais um dia triste para o País. Ao confirmar as notícias dessas gravações, é necessário o afastamento imediato do Aécio Neves e do presidente Michel Temer", disse o ex-prefeito de São José.

Sua companheira no Congresso, a deputada Pollyana Gama (PPS) reforçou a necessidade do afastamento do presidente. "Não há condições para que o presidente continue à frente do governo. Ele tem que renunciar", afirmou a ex-vereadora de Taubaté.

O terceiro representante do Vale em Brasília, o deputado Flavinho (PSB), também considera a renúncia de Temer o melhor caminho para o Brasil. "Sou totalmente favorável, a partir do momento em que essas provas vieram à tona, que o presidente sofra processo de impedimento", esclareceu o parlamentar.

ORÇAMENTO.

O prefeito de Jacareí, Izaias Santana (PSDB), avalia que o presidente perdeu a governabilidade e que isso pode impactar na cidade. "Atraso no andamento dos programas, especialmente do Ministério das Cidades, como financiamento de projetos de Mobilidade Urbana e Saneamento", disse.

Ortiz Junior (PSDB), prefeito de Taubaté, segue o mesmo raciocínio. "Esta situação traz um prejuízo enorme para Taubaté e todo o Brasil, impacta estados e municípios em um momento em que a economia estava em recuperações."

O diretório municipal do PSDB de São José, partido do prefeito Felicio Ramuth, afirmou em nome dos afiliados da sigla que defende "o afastamento do senador Aécio Neves, diante das graves denúncias divulgadas". A nota encaminhada não fez nenhuma referência à situação de Temer.

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO