São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Viver
Abril 19, 2017 - 02:55

Leandro Lehart se apresenta em São José

Mistura. Leandro Lehart foi o responsável por unir os estilos musicais do samba ao pop

Mistura. Leandro Lehart foi o responsável por unir os estilos musicais do samba ao pop

Foto: Divulgação

Cantor revela em primeira mão que o Art Popular estará de volta em breve

Paula Maria Prado
São José dos Campos

"Sem abuso, sem abuso. Se eu tô com você, não sou de ninguém. E sou o seu bem"... Que atire a primeira pedra quem nunca cantou um pagodinho romântico! E fãs desse estilo musical podem comemorar: o grupo Art Popular, sucesso nos anos 1990, está de volta.

Doze anos depois de ter saído do grupo e 18 anos depois de ter gravado o primeiro disco de estúdio com a turma, Leandro Lehart revelou em primeira mão a OVALE que pretende fazer apaixonados por pagode reviver a febre daquela década.

O cantor, contou a novidade na tarde de terça-feira (18) em entrevista exclusiva. "Estamos fazendo um disco e pretendemos voltar para a estrada em breve", revelou.

TRIBUTO. E, enquanto trabalha no projeto com os demais músicos, Lehart divide seu tempo a um outro show: uma homenagem em voz e violão a outro grupo de pagode: o Fundo de Quintal. "Trata-se de um tributo, um show afetivo, feito para as pessoas prestarem atenção nas letras e na melodia de cada canção", contou. No repertório, músicas que o cantor gosta. "Não escolhi os principais sucessos do grupo, mas canções que me emocionavam", afirmou ele.

"O Fundo de Quintal foi uma referência para mim. Ainda criança, eu colocava o disco deles na vitrola, e, por meio das músicas, aos poucos fui aprendendo a tocar cavaquinho. Então, hoje é um prazer poder fazer essa homenagem", continuou.

Entre os sucessos do grupo estão "O show tem que continuar", A batucada dos nossos tantãs" e "Só pra contrariar".

E é esse show que ele traz a São José dos Campos nesta quinta-feira (20), às 21h30, no teatro Colinas (av. São João, 2.200, Jardim das Colinas). "Espero que a plateia goste e se emocione comigo", disse.

Reconhecido como compositor, Lehart é um dos maiores arrecadadores de direitos de execução pública do Ecad, escritório responsável pela distribuição de direitos autorais. Os ingressos para o show de quinta-feira custam R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia).

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade  
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO