São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Política
Abril 27, 2017 - 16:07

Regularização de bairros gera embate entre gestões em São José

Regularização de bairro 2015

Entrega. Ex-prefeito Carlinhos Almeida (PT) entrega 119 moradias no Santa Helena, comunidade da zona leste de São José dos Campos

Foto: /Claudio Capucho / PMSJC

Ritmo de entrega de título de posse em São José é questionado por oposição; governo diz que vai regularizar 2 bairros em maio

João Paulo Sardinha
São José dos Campos

O trabalho de regularização de bairros em São José dos Campos volta ao centro do debate político quatro meses depois da troca de governo.

Secretário de Regularização Fundiária até novembro do ano passado, Roberti Costa afirma que deixou 12 bairros com processo de regularização avançado. Segundo ele, o governo Felicio Ramuth (PSDB) precisa de foco para concluir as últimas etapas.

Ontem, a gestão tucana disse que, em maio, vai entregar títulos de posse a 200 famílias dos bairros Santa Cecília (zona leste) e Vila Leila (zona norte).

"Entregamos 5.000 títulos de posse. Deixamos 12 bairros para serem entregues, com 75% das etapas concluídas. Está no forno. É só tirar do forno e entregar", afirmou o ex-secretário. "É questão de foco de administração", disse.

A regularização de bairros em São José já havia sido alçada ao centro do debate eleitoral no ano passado.

O ex-prefeito Carlinhos Almeida (PT) e o tucano Felicio Ramuth atribuiam a seus partidos a maior responsabilidade por legitimar loteamentos.

Neste ano, a secretaria de Regularização virou departamento da Secretaria de Gestão Habitacional. O quadro de funcionários foi reduzido.

AÇÕES.

Ontem, o governo Felicio destacou que "a atual gestão tem como meta para este ano regularizar 10 bairros, beneficiando mais de 8.000 famílias", disse. "Importante salientar que dos 23 bairros regularizados nos últimos quatro anos, foram beneficiadas cerca de 4.000 famílias. No governo atual pretendemos entregar a regularização de 10 bairros beneficiando cerca de 8.000 famílias", concluiu..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade  
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO