São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Política
Abril 20, 2017 - 00:07

Após atraso de dois anos, Ortiz troca empresa de obra do PSM

Pronto Socorro de Taubaté

Foto: Rogério Marques/OVALE /

Construtora Alexandre Danelli teve contrato rescindido e será substituída pela Fortnort, que receberá mais R$ 735 mil; gasto total chega a R$ 3,5 milhões e obra, que já se arrasta há 32 meses, só deve ser concluída em outubro

Redação
Taubaté

Após 32 meses de uma obra prevista para durar 9 meses, o governo Ortiz Junior (PSDB) substituiu a empresa responsável pela reforma do PSM (Pronto Socorro Municipal).O contrato com a construtora Alexandre Danelli foi rescindido por "inadimplência da contratada".

Para concluir a obra, a prefeitura usará um contrato firmado em 2016 com a Fortnort para prestação de serviços estruturais em unidades de saúde.

A nova empresa irá receber R$ 735 mil pelo serviço. Com isso, o gasto total com a obra chegará a R$ 3,5 milhões. O contrato foi assinado em 4 de abril e prevê 180 dias de trabalho. Ou seja, a obra só deve ser finalizada em outubro, quando completará 38 meses de execução.

VALORES. Inicialmente, a Alexandre Danelli receberia R$ 2,8 milhões, mas o contrato teve um aditamento de R$ 698 mil. Com a rescisão, dos R$ 3,5 milhões que seriam pagos, R$ 703 mil não chegaram a ser repassados. Ou seja, até agora, o gasto total com a obra foi de R$ 2,8 milhões..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade  
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO