São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Política
Abril 19, 2017 - 02:54

Após cortes, academias ao ar livre terão rodízio de professor 

Academia no Residencial Frei Galvão, na região leste de São José dos Campos

SEM PROFESSOR. Academia no Residencial Frei Galvão, região leste

Foto: Charles de Moura/PMSJC

João Paulo Sardinha
São José dos Campos

Após reduzir em 25% o quadro de profissionais das academias ao ar livre, o governo Felicio Ramuth (PSDB) adotou rodízio de professores nas 137 unidades espalhadas pela cidade.

A prefeitura vai manter professores diariamente apenas em academias com alto número de frequentadores. Nas demais, haverá revezamento de profissionais. "As academias continuarão com professores. As que têm muita frequência, todos os dias. As demais, em dias alternados: segunda, quarta e sexta e terças e quintas", afirmou o prefeito tucano em sua página no Facebook.

Um grupo de frequentadoras do Jardim Santa Inês, na zona leste de São José, chegou a divulgar vídeo na internet contra as mudanças previstas. "A prefeitura deveria aperfeiçoar o trabalho nas academias, divulgando o trabalho que já existe para aumentar o número de frequentadores. Estão destruindo o que demorou anos para ser feito", afirmou o líder do PT na Câmara, vereador Wagner Baleiro.

Segundo o governo, a "OS (Organização Social) do Esporte está se adequando a um novo plano de trabalho adaptado à atual realidade financeira da Prefeitura de São José dos Campos".

O número de professores da OS passou de 355 para 267. Com o enxugamento, a prefeitura reduz o investimento mensal de R$ 1,6 milhão para R$ 1,1 milhão.

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade  
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO