São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Nossa Região
Abril 19, 2017 - 09:54

Em São José, 80% dos moradores declaram sentir medo da violência

Policiamento

Prisões. A cada 24 horas as forças de segurança fazem 30 prisões

Foto: Arquivo

Levantamento encomendado por OVALE aponta que 79,8% da população têm medo da violência no município. Dos entrevistados, 49,3% disseram se sentir "inseguros" e outros 30,5% responderam "mais ou menos" seguros

João Paulo Sardinha
São José dos Campos

Oito em cada 10 moradores de São José dos Campos não se sentem plenamente seguros vivendo no município, revela levantamento da Allure Pesquisa, feito a pedido de OVALE entre 6 e 8 de abril.

Quase metade dos entrevistados (49,3%) respondeu que convive com a sensação de insegurança nas ruas. Outros 30,5% disseram se sentir "mais ou menos" seguros. A soma dessas respostas, portanto, revela que 79,8% da população têm medo da violência em São José. A sondagem mostra que apenas 19% se sentem seguros. Houve ainda quem não soube responder à pergunta feita pelo instituto (1,2%).

A escalada da violência na região, em 2016, colocou São José, Taubaté e Jacareí entre as seis cidades mais violentas do interior paulista, segundo os dados oficiais da SSP (Secretaria de Segurança Pública) do Estado. No ranking, Campinas foi a cidade com maior número de homicídios: 119 vítimas. Na segunda posição, São José registrou 77 baixas.

A estatística fez acender o sinal de alerta da administração, que lançou em fevereiro deste ano uma força-tarefa em conjunto com as forças de segurança: o programa "São José Unida"

REFORÇO. De acordo com prefeito Felicio Ramuth (PSDB), a ideia é fazer encontros regulares para criar soluções na área de segurança pública. "Uma iniciativa nunca feita foi unir as forças de segurança para realizar trabalho conjunto. Visitei as polícias Civil, Militar e Federal. Estamos trabalhando com todas as forças em conjunto para prestar o melhor serviço", afirmou.

"Com a prefeitura encabeçando essa união, a gente consegue prestar melhor serviço", completou o tucano, que garantiu na Câmara a retomada do convênio da Atividade Delegada.

DEBATE. A Polícia Militar preferiu não comentar a pesquisa da Allure, mas disse que julga importante o debate sobre a segurança em todas as cidades da região. "Temos incentivado, com constância e grande frequência, em todos os municípios da RMVale, não só por meio da participação infalível no Conseg, mas também realizando audiências públicas, reuniões setoriais com grupos específicos, bem como promovendo encontro com as diversas autoridades públicas", declarou em nota.

A PM afirma ter prendido 678 criminosos na cidade nos três primeiros meses de 2017..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade  
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO