São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Nossa Região
Abril 14, 2017 - 22:54

Nathália Camilo - Agressividade em filhotes


A agressividade é um problema grave e normalmente visto em cães adultos, mas, em alguns casos, o filhote já pode começar a apresentar sinais de que o problema poderá se agravar após o seu desenvolvimento.

Alguns fatores podem contribuir para o seu surgimento, como afastar o filhote da ninhada antes dos 50 dias de vida, herança genética, consanguinidade (cruzamento entre parentes) ou mesmo falta de sociabilização até os três meses de vida do animal.

Algumas raças, como as de guarda, podem apresentar mais chances de terem agressividade, porém, com uma boa educação desde os primeiros dias no novo lar e uma sociabilização bem-feita e direcionada, podemos evitar que isso aconteça.

Outro fato muito importante é perceber se o filhote não é muito medroso. Cães inseguros podem recorrer à agressividade como forma de proteção, e como a cada vez que eles avançam ou mordem as pessoas se afastam, eles entendem que esse é um bom modo de manter aqueles que lhe causam medo longe.

Apesar de ser um caso preocupante para a maioria dos tutores, tem solução. Uma educação bem direcionada e com reforços positivos para os bons comportamentos faz com que o filhote aprenda a se relacionar com outros cães e pessoas de forma positiva.

E para aqueles que já apresentam sinais de agressividade, o acompanhamento de um profissional capacitado se torna essencial para reverter o quadro ainda na infância do animal, tornando o processo mais rápido e sem traumas para todos.

Apesar de um pouco mais demorado do que acontece até os três meses, quando o filhote está mais aberto a aceitar situações novas, a sociabilização e o aprendizado podem acontecer por toda a vida do animal. O quanto antes procurarmos reverter essa reação do cão, mais fácil e rápida será a resposta obtida.

Por Nathália Camillo, adestradora e franqueada da Cão Cidadão

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade  
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO