São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
REGIAO
March 16, 2017 - 10:00

São José tem refeição mais barata que a média em São Paulo

Na refeição completa a média do Brasil é R$ 27,36 e a de São José é R$ 25,28. Foto: Alan Collet

Foto: Alan Collet/Arquivo O VALE

Valor é R$ 8,75 mais barato do que a refeição mais cara do estudo, Campinas; dados são de novembro

Redação
São José dos Campos

Comer fora de casa uma refeição completa em São José (prato principal, bebida não alcoólica, sobremesa e café) custa mais barato do que em cinco das principais cidades do interior paulista --Campinas, Santos, Jundiaí, Ribeirão Preto e Sorocaba.

O preço médio da refeição na cidade é de R$ 27,25, de acordo com o estudo da Assert (Associação das Empresas de Refeição e Alimentação Convênio para o Trabalhador), feito pelo Instituto Datafolha. O valor é R$ 8,75 mais barato do que a refeição mais cara do estudo, em Campinas. Os dados foram coletados em novembro.

Também está abaixo da média nacional (R$ 32,94), do Sudeste (33,25) e de São Paulo (R$ 33,82). No estudo, São José aparece com os seguintes valores médios de refeição: R$ 26,03 (comercial), R$ 26,66 (autosserviço), R$ 42,39 (executivo) e R$ 55,72 (à la carte). Todos abaixo da média nacional.

Segundo o Datafolha, a pesquisa foi realizada em seis cidades e levou em conta 112 preços coletados em restaurantes, bares, lanchonetes e padarias que servem refeições em pratos e mesa e que aceitam voucher-refeição.

Foram considerados os seguintes tipos de refeição: prato feito ou comercial, autosserviço (refeição a quilo), prato executivo e à la carte.

Pesado. Com base no preço médio de R$ 27,25 em São José, um trabalhador que receba apenas um salário mínimo (R$ 880) e não tenha o benefício do voucher-refeição, desembolsaria 68,12% de seu salário para se alimentar fora de casa durante sua jornada de trabalho, considerando 22 dias úteis, de segunda a sexta-feira.

Nas demais cidades pesquisadas, o preço médio da refeição completa foi de R$ 35,16 (Santos), R$ 31,57 (Jundiaí), R$ 31,49 (Ribeirão Preto) e R$ 29,84 (Sorocaba).

Custo aumenta 34,7% desde 2014

Mesmo com o menor pre ço da pesquisa, São José registrou aumento de 34,70% no preço da refeição no ano passado comparado ao valor de 2014.

Naquele ano, segundo estudo do Datafolha, o valor do prato na cidade era de R$ 20,23 --aumento de R$ 7,02 para 2016. Segundo o Datafolha, seis em cada 10 trabalham com self service e três em cada 10 com prato comercial. "O sistema de refeição self service é mais procurado e, por isso, acaba sendo o com maior oferta na cidade", disse o economista Fernando Lacerda. "O consumidor paga aquilo que colocou no prato, mas é importante pesquisar o valor da refeição", completou.

"Cerca de cinco de cada dez responsáveis pelos estabelecimentos têm a sensação que os clientes estão mais preocupados com uma alimentação saudável", informou a Assert.


Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade

Brasil

Mundo